Celebre o Dia do Imigrante com o ebook meuDNA explica: Ancestralidade Brasileira

Como um presente para você, nossa equipe elaborou um ebook para contar a história de imigração de diversos povos para o Brasil

No dia 25 de junho, o Brasil comemora o Dia do Imigrante. Criada em 1957, a data homenageia todos aqueles que vieram de outros países para o nosso, muitos em busca de condições de vida melhores. De presente para você, o meuDNA elaborou um ebook sobre os povos que compõem o diverso DNA brasileiro, incluindo os indígenas nativos e a história de imigração de diferentes populações para o nosso país.

Clique aqui para ler o ebook “meuDNA explica: Ancestralidade Brasileira”

Um dos grandes períodos de imigração de outros povos para o Brasil começou a partir da década de 1880, pois a abolição da escravatura fez com que muitos fazendeiros buscassem por mão de obra para substituir o trabalho escravo. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país recebeu quase 5 milhões de imigrantes entre 1884 e 1959.

Dentre eles, destacam-se os italianos, portugueses, espanhóis, japoneses e alemães. Estima-se, por exemplo, que mais de 1,4 milhão de italianos vieram para cá apenas entre os anos de 1870 e 1920. Em número de imigrantes no Brasil, eles perdem apenas para os portugueses, com 1,6 milhão. Antes da independência do Brasil eles eram chamados de colonos, mas a partir de 1822 passaram a ser chamados de imigrantes também.

Mas, muito antes dos europeus chegarem às Américas, nosso continente já era habitado por indígenas. Esses “imigrantes” provavelmente chegaram por aqui entre 35 e 12 mil anos atrás pelo Estreito de Bering, que liga Ásia e América. Além de serem parte essencial do DNA brasileiro, os diversos povos indígenas que moravam onde hoje é o Brasil também contribuíram para a formação da nossa cultura, com palavras, manifestações artísticas, comidas e hábitos. 

Não podemos esquecer também daqueles que infelizmente foram trazidos à força para o nosso país. Entre os séculos XVI e XIX, o Brasil foi o país da América que mais recebeu escravos da África. Até esse fluxo ser oficialmente interrompido, em 1850, cerca de 4 milhões de africanos, de diversos países do continente, foram escravizados e trazidos para cá. A abolição da escravidão foi declarada em 1888, mas não promoveu a integração dos negros à sociedade brasileira. Ainda hoje, marcas do nosso infeliz passado colonial podem ser sentidas nas desigualdades entre descendentes de diferentes etnias no Brasil. 

Entre europeus, asiáticos, africanos, indígenas e outros povos, o Brasil é um dos países mais diversos culturalmente, e geneticamente, do mundo. E você, sabe de onde vieram os seus antepassados? Descubra com o meuDNA Origens, o teste que revela sua ancestralidade genética de 5 a 8 gerações atrás!

Deixe uma resposta

You May Also Like