A árvore genealógica de Leonardo Da Vinci

Ilustração de uma árvore representando uma árvore genealógica com imagens de obras de arte de Leonardo Da Vinci
Veja a seguir como esse estudo pode levar a descobertas sobre o DNA de um dos maiores gênios que a humanidade já conheceu.

Há décadas historiadores procuram e estudam documentos para organizar a árvore genealógica de Leonardo di Ser Piero da Vinci, mais conhecido apenas por Leonardo Da Vinci. Ele viveu entre 1452 e 1519 e seu sobrenome vem do seu local de nascimento, Vinci, uma comuna italiana na região da Toscana. 

Da Vinci é considerado um gênio, e não recebe esse título à toa: ao longo de sua vida, além das suas obras artísticas, cercadas de beleza, teorias e mistérios, estudou as mais diversas áreas do conhecimento, como anatomia humana, matemática e física, e idealizou centenas de equipamentos engenhosos com inúmeras finalidades, desde máquinas de guerra até máquinas voadoras.

Os parentes vivos de Leonardo Da Vinci

Da Vinci não teve filhos, mas tinha 22 meio-irmãos e irmãs. Com base em registros históricos e outros documentos, como fotos e arquivos pessoais, os historiadores Alessandro Vezzosi e Agnese Sabato conseguiram organizar uma árvore genealógica dos Vinci com 21 gerações.

O estudo teve início há mais de 30 anos e já havia anunciado, em 2016, a identificação de 35 parentes vivos de Da Vinci. Mais recentemente, no estudo publicado em 2021, os pesquisadores encontraram 14 descendentes diretos vivendo na região da Toscana, Itália. 

A árvore genealógica mais recente inicia-se em Michele Da Vinci, tataravô paterno de Leonardo, e documenta de forma confiável a linhagem masculina a partir de Ser Piero e Domenico, pai e meio-irmão de Leonardo, respectivamente.

A importância do mapeamento genético

O estudo da árvore genealógica tem importância histórica, por resgatar documentos e passagens da vida de Leonardo e outros membros da família Vinci, mas também por servir como base para estudos de mapeamento genético.

Estudo da linhagem paterna

O cromossomo Y é passado apenas de pai para filhos do sexo masculino, a chamada linhagem paterna. Esse é um cromossomo que sofre poucas variações genéticas entre as gerações e por isso pode ser usado para rastrear relações de parentesco. 
Ao encontrar parentes vivos de Leonardo Da Vinci por meio da árvore genealógica, será possível obter amostras de DNA dessas pessoas e realizar o mapeamento genético do cromossomo Y.
Fluxograma das pesquisas que serão feitas com a descoberta de parentes vivos de Da Vinci, que podem levar a descobertas genéticas sobre a saúde, traços e talentos de Da Vinci
A partir do estudo da árvore genealógica de Da Vinci foi possível encontrar parentes vivos do sexo masculino. Analisando o cromossomo Y dessas pessoas será possível confirmar se os restos mortais da Capela de Amboise são do artista e em seguida realizar um estudo genômico, que buscará no DNA de Da Vinci informações sobre seus talentos, sua saúde e aparência física.

O Leonardo Da Vinci DNA Project (Projeto DNA Leonardo Da Vinci), coordenado pelo Instituto J. Craig Venter, tem como objetivo confirmar se os restos mortais enterrados no Castelo de Amboise, na França, são de fato de Leonardo da Vinci. 

Além disso, especialistas em genética forense do Projeto estão desenvolvendo técnicas para obter amostras de DNA a partir de obras de arte de forma não-invasiva, para então investigar se há material genético do artista em algumas obras do período renascentista.

Se os restos mortais forem de fato de Leonardo Da Vinci, comprovado através da comparação dos marcadores genéticos do cromossomo Y de seus parentes vivos, será possível obter seu genoma. Com esses dados, os pesquisadores do Projeto pretendem realizar um mapeamento genético e obter mais respostas sobre sua aparência física, sua saúde e até sobre sua genialidade e seus talentos.

Análise de DNA: Como funciona

Diferentes técnicas podem ser usadas para ler o que está escrito no DNA. Algumas delas analisam apenas algumas letras espalhadas pelo DNA, enquanto outras realizam o sequenciamento do genoma por completo.

Após verificar quais são essas letras ou essas sequências, é realizada uma comparação com outros genomas, para determinar se aquelas variações genéticas estão associadas a alguma ancestralidade ou se podem aumentar o risco de desenvolver doenças.

A história dos testes genéticos passou por décadas de pesquisa e avanços tecnológicos, até que hoje encontram-se disponíveis, e mais acessíveis, para a população descobrir o que está em seu DNA.

Árvore genealógica e Cidadania

A árvore genealógica nos conecta aos nossos antepassados, às nossas origens e culturas, e possibilita o resgate de antigas tradições. Ela também é importante para quem pretende reconhecer a cidadania de outra origem.

Para reconhecer a cidadania de outro lugar do mundo, é preciso que você tenha antepassados daquela origem. Entre as etapas do processo de cidadania, é preciso comprovar a sua ligação com esses antepassados, através de documentos e registros históricos. 

Você pode também contar com especialistas, como a Cidadania4u, que é parceira do meuDNA e cuida de toda a documentação e burocracia para você. Já pensou descobrir que você é parente de Da Vinci?

Você pode começar descobrindo sua ancestralidade com o meuDNA Premium, o melhor custo-benefício para revelar as suas origens e também para conhecer a sua predisposição a desenvolver certas doenças genéticas, o que permite planejar seu futuro da melhor maneira possível junto com seu médico. Conheça o teste!

meuDNA prêmium

meuDNA Revisa

Como é feito o Mapeamento Genético?

O mapeamento genético verifica variações genéticas ao longo do genoma e as compara com outros genomas de referência para identificar, por exemplo, a ancestralidade ou a predisposição de desenvolver doenças.

Como saber qual a sua ascendência?

Testes de ancestralidade revelam quais são as origens que estão no seu DNA e que fazem parte da sua família. O meuDNA Origens, incluso no meuDNA Premium, identifica até 88 povos, que podem ter vindo de até 8 gerações atrás da sua família. 
Também é possível realizar pesquisas genealógicas através de documentos e registros históricos. A Cidadania4u é uma empresa especializada em processos de cidadania portuguesa e italiana, e conta com especialistas que cuidam de toda a documentação e burocracia para você.

Como achar minha árvore genealógica?

Você pode documentar a sua árvore genealógica a partir das informações que tiver em sua família. Além disso, o teste de ancestralidade meuDNA Origens, incluso no meuDNA Premium, revela os povos que fazem parte da sua família, e a pesquisa genealógica feita por empresas especializadas, como a Cidadania4u, parceira do meuDNA, podem ajudar a resgatar mais informações sobre seus antepassados.

Deixe uma resposta

You May Also Like