Independência do Brasil e a origem portuguesa

parede com quadros de fotos penduradas. A foto central mostra colonos portugueses e duas bandeiras, a brasileira de um lado e a portuguesa de outro.
Há 200 anos o Brasil conquistava sua independência. Saiba mais sobre os motivos que levaram à independência e sobre a contribuição dos portugueses na formação do povo brasileiro.

Relembre fatos históricos sobre a proclamação da independência do Brasil e saiba mais sobre as nossas origens portuguesas e como a contribuição dessa ancestralidade em nosso país vai muito além da formação do DNA brasileiro.

Onde e quando ocorreu a independência do Brasil

A independência do Brasil foi declarada pelo príncipe regente D. Pedro I em 7 de setembro de 1822, às margens do Rio Ipiranga, na atual cidade de São Paulo. Curiosamente, apesar de ser muito comum falar que neste evento D. Pedro I tenha gritado “Independência ou morte!”, não há evidências históricas de que esse grito realmente tenha acontecido.

Um conjunto de acontecimentos levou ao processo de independência do Brasil, iniciando-se pela vinda da família real portuguesa para o Brasil em 1808, que fugia da invasão francesa em Portugal.

Ao chegar aqui, o rei português, D. João VI, implementou medidas que resultaram na modernização e no desenvolvimento econômico, cultural e artístico do Brasil. Além dessas medidas, em 1815, o rei elevou o Brasil de colônia à condição de reino.

Em Portugal havia uma insatisfação por causa da crise econômica que o país vivia decorrente da invasão francesa e das medidas liberais que haviam sido tomadas em relação ao Brasil. Organizada pela burguesia portuguesa, em 1820 aconteceu a Revolução Liberal do Porto, que exigia, entre outras questões, a manutenção do monopólio sobre o Brasil e o retorno do rei a Portugal.

Com o retorno do rei a Portugal e as medidas criadas pelas Cortes portuguesas após a Revolução do Porto, houve cada vez mais desgastes na relação entre Portugal e Brasil. Assim, uma série de acontecimentos e medidas acabaram por reforçar a separação, culminando na independência do Brasil em 1822 e na coroação de D. Pedro I como Imperador do Brasil.

O que o Brasil ganhou com a independência

Como consequência da independência, o Brasil se tornou uma nação soberana, foi estabelecida a monarquia e houve um endividamento devido à indenização cobrada por Portugal. 

Talvez a independência seja o que marca oficialmente o início da construção da nação e nacionalidade brasileira, mas os primeiros brasileiros já estavam aqui muito antes da independência, e muito antes até da chegada dos portugueses em 1500. Nosso povo como conhecemos hoje conta com a participação de diversas outras culturas e ancestralidades, incluindo nativos americanos, africanos, asiáticos e europeus, como os portugueses que por aqui chegaram em 1500.

Saiba mais a seguir sobre as heranças deixadas pelos portugueses e conheça as origens da nossa língua, sobrenomes e até de alguns de nossos costumes.

Origem portuguesa

Os espanhóis chegaram alguns meses antes, mas foram os portugueses, quando desembarcaram em 1500, que reivindicaram as terras que hoje correspondem ao Brasil. Foi assim que a colonização, que perdurou por quase 3 séculos, trouxe uma parte da nossa origem portuguesa: cerca de 700 mil colonos vindos de Portugal.

Apenas após a independência do Brasil, em 1822, os portugueses e espanhóis passaram a ser chamados de imigrantes, não mais de colonizadores. 

Ao longo de nossa história, foram muitas ondas migratórias, e também muitas pessoas: aproximadamente 1,6 milhão de portugueses – o que faz deles os imigrantes mais numerosos do Brasil. Em meados do século 18, vieram imigrantes de diferentes estratos sociais, desde membros da corte de Dom João VI até indivíduos de origem simples, que vinham tentar a sorte como comerciantes, trabalhadores agrícolas e até mineradores em busca de pedras preciosas. 

A partir do século 19, o grupo dominante entre os imigrantes passou a ser de origem humilde, em decorrência do crescimento da população e da baixa oferta de trabalho em Portugal. Com a abolição da escravidão no Brasil, em 1888, houve um novo fluxo migratório, e os estados que mais receberam portugueses foram Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais (onde se concentrava o cultivo de café), além de Pará e Amazonas (exploração da borracha). 

DNA português

A composição genética da população ibérica é bastante diversa e foi influenciada por diferentes civilizações, como iberos, celtas, fenícios, gregos, romanos, germânicos e mouros.
Já na formação do DNA do povo brasileiro, a participação do grande número de colonos e imigrantes portugueses é evidenciada pelos resultados do teste de ancestralidade: – 85% dos clientes meuDNA tem pelo menos 1% de ancestralidade ibérica- Os clientes do meuDNA têm, em média, 42% de ancestralidade ibérica Muitos descendentes de ibéricos possuem também marcadores genéticos do Norte da África por conta do intenso contato entre os povos do Norte da África e da Europa Mediterrânea ao longo da história. 

O fluxo entre Portugal e Brasil continuou intenso até a década de 1970, quando a economia portuguesa reforçou seus laços com a Europa. A origem portuguesa está no nosso DNA, na nossa língua, e também na cultura, culinária, arquitetura e até mesmo no comércio, com padarias e restaurantes tradicionais.

Origens da língua portuguesa

A língua portuguesa tem origem no latim, a língua utilizada pelos antigos romanos. O latim vulgar era uma forma mais informal da língua, praticada por diversas classes sociais e que era modificada constantemente.  

Com a queda do Império Romano começaram a surgir vários dialetos derivados do latim vulgar, como o espanhol, o catalão e o galego-português. A origem da língua portuguesa, a partir do galego-português, ocorreu no oeste da Península Ibérica, e remete aos períodos entre os séculos 9 e 12, sendo que há registros do idioma na forma escrita já no século 13. 

Essa região, hoje ocupada principalmente por Espanha e Portugal, foi palco de guerras e invasões de diversos povos que contribuíram para a origem da língua portuguesa: muitas palavras do vocabulário português têm origens celtas e árabes.

ilustração de pessoas conversando sentadas à mesa

Com a expansão do Império Português durante a Era dos Descobrimentos, o idioma foi levado a outros lugares e passou a ser usado em muitas de suas colônias. Atualmente, o português é a língua oficial de 9 países. Com mais de 230 milhões de falantes, o português detém o posto de uma das línguas mais faladas do mundo.

No português brasileiro, as heranças africanas e indígenas, assim como os regionalismos de cada canto do país, contribuem para que exista uma grande diversidade de sotaques do Brasil.

Sobrenomes de origem portuguesa

Aqui no Brasil, a origem dos sobrenomes está diretamente ligada à nossa ancestralidade e ao processo de colonização, com grande destaque para a herança portuguesa, além da espanhola e da europeia em geral.

Muitos sobrenomes contam histórias que ajudam a determinar quem somos e de onde viemos, mas ter um sobrenome europeu não significa necessariamente ser descendente apenas de europeus, pois o processo de colonização impôs o uso de sobrenomes ibéricos em detrimento aos indígenas e africanos.

Leia mais sobre a origem dos sobrenomes e descubra quais são os sobrenomes mais comuns no Brasil.

Cultura de origem portuguesa

Algumas manifestações culturais brasileiras tiveram a participação de portugueses. Por exemplo, as Festas Juninas, que foram inicialmente chamadas de Joaninas, pela homenagem católica a São João, foram trazidas pelos portugueses durante o período colonial e continuam sendo comemoradas em nosso país. 

Algumas de nossas lendas, como a do Saci Pererê e a de Iara, possuem elementos de origem portuguesa. Descubra qual é a herança portuguesa nessas lendas no post sobre folclore brasileiro!

A arquitetura de várias cidades brasileiras também recebeu influências portuguesas, como São Luís (MA), Ouro Preto (MG), Paraty (RJ), entre outras, onde podem ser vistas construções coloniais e o uso de azulejos portugueses nas fachadas.

Como descobrir suas origens

Agora que você sabe a origem da língua portuguesa, de alguns sobrenomes, e até de algumas festas e lendas brasileiras, que tal saber mais sobre as suas origens? 

Com o meuDNA Premium você conhece sua ancestralidade genética de 5 a 8 gerações atrás com base em 88 populações espalhadas pelo mundo. Além disso, ele revela sua predisposição a desenvolver doenças genéticas como câncer, colesterol alto e diabetes monogênica!

meuDNA premium

meuDNA Revisa

Quem proclamou a independência do Brasil?

A independência do Brasil foi declarada pelo príncipe regente D. Pedro I em 7 de setembro de 1822, às margens do Rio Ipiranga, na atual cidade de São Paulo.

Porque os portugueses vieram para o Brasil?

Na chamada Era dos Descobrimentos, Portugal buscava por novas rotas de comércio, e assim chegaram às terras que hoje correspondem ao Brasil, em 1500, e passaram então a colonizar o território. Já a família real portuguesa veio para o Brasil em 1808, quando fugia da invasão francesa em Portugal.

Qual a origem da língua portuguesa?

A língua portuguesa tem origem no latim, em um processo de mudanças do latim vulgar que ocorreu entre os séculos 9 e 12, no oeste da Península Ibérica.

0 Shares:

Deixe uma resposta

Você também pode se interessar: